>

10 de mar de 2018

[Poesia] PEDRO LUSO – A Minha Poesia





A MINHA POESIA
PEDRO LUSO DE CARVALHO



Poesia, minha força na noite,
modo sereno de o medo afastar,
há perigo à espreita na noite,
de punhais, tantos ataques mortais.

Poesia, biombo onde me escondo,
pés alados para voo entre nuvens,
a minha renúncia à luta inglória –
aos vilões minha ira, meu repúdio.

Poesia até o meu último canto,
até o último degrau da escada.
Ainda é meu farol a poesia,
iluminando as ruas aonde ando.




*  *  *




32 comentários:

  1. A poesia mora em tu, respiras poesia! Linda! abraços,chica

    ResponderExcluir
  2. A liberdade para voar dilapidando metáforas no ardor da poesia
    Um poema deslumbrante, Pedro
    Um abraço e um feliz domingo

    ResponderExcluir
  3. No sólo tu poesía ilumina tu caminar, también llega al corazón de aquellos que te leemos con respeto y amor.
    Te deseo un buen domingo de marzo.
    Cariños.
    kasioles

    ResponderExcluir
  4. Pedro, já sentia falta da TUA POESIA!
    Poesia que me faz gostar mais e mais da arte das palavras.
    Amigo, que nos versos te encontres sempre. Sem medo! O farol está lá, iluminando teus passos. Continua a encantar-nos com teus versos harmoniosos e perfeitos.
    A arte das palavras é para poucos. Pena minha!
    Abraço e bom domingo.

    ResponderExcluir
  5. Bom dia Pedro, e aqui encontro um poeta que já nasceu pronto, vc sobeja inspiração e esbanja talento.
    Desejo um domingo com belo sol e um céu de brigadeiro!
    Bjs no coração!

    ResponderExcluir
  6. Un riparo sicuro, dai pensieri avversi, qualche ispirata rima di poesia, rifugio dell'anima.
    Condivido il significato di questi bei versi, Pedro, un saluto,silvia

    ResponderExcluir
  7. La poesía te da alas para volar a un hermoso mundo de fantasía, en la que todo es posible.

    Besos

    ResponderExcluir
  8. Oi, Pedro...a poesia nos salva é o refúgio seguro da alma.Concordo com você!
    Um abraço

    ResponderExcluir
  9. PEDRO,
    São nas noites que aparecem as inquietações, os pensamentos, as indagações. Parecem ser o momento ideal para isso, mas não são. A noite parece que dá uma dimensão maior às coisas.
    Tua poesia tem uma característica que gosto imensamente: é clara, é compreensível, é limpa. Por isso é tão bela!
    Tenho o privilégio de vê-la nascer, acompanhar sua construção, e tudo é minuciosamente elaborado. Só posso te dar parabéns!!
    Beijinho, daqui do lado.

    ResponderExcluir
  10. Pedro, meu amigo

    A sua Poesia é luminosa e grandiosa ao encantamento nosso,
    seus leitores amigos e fãs.

    Tão bela e perfeita esta construção imagética e o significado
    no simbolismo da poesia, como "farol", a iluminar de dentro (da alma...)
    a inspiração, que ilumina o mundo interior do poeta, a refletir
    ao mundo exterior à arte em que a Poesia se desenha!...
    Permita-me citar do belíssimo comentário da Taís, sobre este processo:
    a poesia nasce e o poeta no caminho da construção e elaboração
    da expressão poética em arte, é uma arte a Poesia, né, amigo?!...

    Parabéns pela sua arte poética sempre.
    Um beijo.

    Apreciei muito a obra escolhida.

    ResponderExcluir
  11. Muito bonito!! Amei!
    Beijo e um resto de um bom Domingo.

    ResponderExcluir
  12. Pedro,
    A Poesia é nossa força
    motriz.
    Amo ler e reler aqui.
    Bjins e/ou Abraço
    CatiahoAlc.

    ResponderExcluir
  13. Olá Pedro poesia tocante, que mostra as inquietações e medos de um poeta, que se refugia da dor e repudio contra os vilões, e voa buscando .a paz de seus versos.
    É o retrato em forma de poesia do sentimento dos brasileiros, já sem gloria afundados num mar de lama. Assim estamos.
    Parabéns, abraços
    Léah

    ResponderExcluir
  14. Gostei de ler, Pedro.
    Abraço

    ResponderExcluir
  15. "Poesía, mi fuerza en la noche". Bellísimo verso, donde el poeta expresa todo su placer y sentir por las letras.
    Me encantó este poema Pedro.
    Felicitaciones y un abrazo.

    ResponderExcluir
  16. "Ainda é meu farol a poesia,
    iluminando as ruas aonde ando."
    Percebe-se, meu Amigo Pedro, quanto você ama as palavras. Este poema revela bem isso. Gostei muito.
    Uma boa sema.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  17. Es hermoso ser poeta.
    Y tus poemas son siempre muy bellos.
    Un abrazo.

    ResponderExcluir
  18. Que no nos falte ese faro en el camino para seguir poetizando.
    Preciso poema.
    Feliz semana Pedro.
    un abrazo

    ResponderExcluir
  19. A poesia, não será uma flor que se cheire... mas um jardim sem fim, onde se descobre e interioriza uma multiplicidade de aromas...
    Pode ser o último reduto, onde nos escondemos... e o tal lugar... onde mais nos expomos...
    Um belíssimo trabalho... de quem com alma de poeta, nos oferece belíssimas definições do que é a poesia, e do seu papel...
    Adorei o poema! Um grande abraço! Continuação de uma boa semana!
    Ana

    ResponderExcluir

  20. Fecunda e luminosa a tua Poesia, sempre.
    Despojada de artifícios literários (que tantas vezes são mera vacuidade)
    a tua Poesia dá testemunho de si própria - integral e límpida!

    um privilégio, meu amigo Pedro Luso, usufruir o prazer estético da leitura de teus poemas.

    Caloroso abraço, meu caro amigo

    ResponderExcluir
  21. Pedro, va para ti la Samba da Bençao de Vinicius.
    Bençao a los poetas, esos locos capaces de crear a su alrededor un refugio contra el frío…

    ResponderExcluir
  22. Le traduzioni delle poesie tolgono un po' della bellezza del testo originale, ma è sempre un piacere leggerti.
    Felice giornata, un abbraccio
    enrico

    ResponderExcluir
  23. Linda poma que expressa seu eu poético, seu sentimento íntimo com a poesia, com o belo e essa arte de encantar o coração e a vida com a palavra.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  24. La poesía te hace sentir vivo, un abrazo.

    ResponderExcluir
  25. Pedro meu amigo, uma linda definição deste estado de encanto, talvez uma das mais linda que já li, Poesia é tudo que nos leva a voar e alcançar o mais alto grau de satisfação talvez alienado deste mundo louco.
    Estive um pouco sumido mas estou de volta nas boas leituras inspiradoras por aqui.
    Abraços amigo e bom fim de semana para vocês.

    ResponderExcluir
  26. A veces la poesía nos ayuda a descargar nuestro dolor. Bello poema.

    mariarosa

    ResponderExcluir
  27. Esse biombo pouco ou nada esconde, pois mostra um poeta maduro que sabe usar a palavra como poucos.
    Excelente, parabéns pelo seu talento.
    Bom fim de semana, caro Pedro.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  28. Boa tarde querido amigo poeta Pedro.
    Para escrever elogios as suas poesias, me faltam palavras, suas poesias vem do seu coração. Quer saber? Não há poeta melhor do que ele, o coração! Não há! É por isso que sempre tenho o melhor prazer de ler cada uma das suas poesias. Pois sei que vem de uma pessoa boa, com um coração grande. Essa inspirada pela noite e os temores que ficam mas forte a noite, ficou uma bela construção poetisa. Que belo casal de amigos eu tenho, um grande poeta e uma grande escritora, a querida Tais, onde nós da sempre o prazer de ler belas cronicas geralmente inspiradas pelo cotidiano. Um lindo final de semana a vocês e toda família. Grande abraço.

    ResponderExcluir
  29. Tão sublime, que parece que acrescentando palavras, altera-se a preciosa harmonia do poema.
    As belas metáforas foram usadas comedidamente, contribuindo para a graciosidade.

    Não há dúvida que os poetas são seres de exceção e eu,, não escrevendo poesia, também tenho alma de poeta... que a poesia nos ilumine os passos...
    O amigo poeta e encanta!
    Parabéns.
    Abraço.
    ~~~

    ResponderExcluir
  30. A poesia nasce na alma do poeta, transforma-se em palavras que suavemente pousam na folha de papel, para depois encantar o coração de quem vai ler.
    Maravilhoso poema
    Um abraço
    Maria de
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderExcluir
  31. Olá, Pedro!
    A poesia brota como uma flor que germina em terra fértil... a inspiração vem de repente a nos cercear e, enquanto não a registramos, não ficamos sossegados no coração... é uma doce inquietação que nos ilumina e fortalece, desagua dores e alegrias imensas em forma de versos jorrantes...
    Seja muito feliz e abençoado junto aos seus amados!
    Abraços fraternais de paz e bem

    ResponderExcluir
  32. Que iluminação, poeta!
    A poesia é refugio e farol. Assim a sinto.
    Parabéns, amigo Pedro.

    ResponderExcluir

LOGO O SEU COMENTÁRIO SERÁ PUBLICADO.

OBRIGADO PELA VISITA.

PEDRO LUSO