>

30 de set de 2011

Hella Haasse: morre a grande dama da literatura holandesa

Hella Haasse
  

        Hella Hasse era amada há várias décadas por um grande público na Holanda. A ‘grande dama’ da literatura holandesa faleceu na noite de quinta-feira, em sua casa em Amsterdã, aos 93 anos de idade.

        Hella Haasse deixou uma vasta obra, na qual trabalhou durante muitos anos. A Indonésia tinha um papel importante em seu trabalho. Lá, na antiga Batávia, ela nasceu, em 2 de fevereiro de 1918.

        Haasse fez sua estreia na literatura em 1948 com a novela ‘Oerog’, sobre a amizade entre uma criança indonésia e uma europeia. A amizade acaba quando o menino indonésio se une aos combatentes pela independência. O livro esteve durante anos na lista de literatura dos estudantes holandeses.

      Em outros livros Haasse também descrevia a história da Indonésia, como em ‘Heren van de Thee’ (‘Senhores do Chá’), de 1992, sobre uma fazenda de chá. Para escrevê-lo, ela fez uma profunda pesquisa em arquivos e documentos particulares, assim como também o fez para outros romances históricos.

       Além de romances, Hella Haasse também escreveu peças de teatro e letras de música. Em sua juventude, a autora também fez parte de uma companhia de teatro.

       Grande parte da obra de Hella Haasse está traduzida para outros idiomas como inglês, espanhol, francês, alemão e russo. Na Holanda, ela recebeu os mais importantes prêmios literários.



[Fonte: - Data de publicação 30 Setembro 2011 - 1:21pm - Rádio Nederland – Wereldomroep - RNW – NEWS - Brasil].




Um comentário:

  1. É sempre uma grande perda a ausência definitiva dos escritores. Nada li que ela tenha escrito, mas sua postagem foi magnífica apresentação.

    Abraços

    ResponderExcluir

LOGO O SEU COMENTÁRIO SERÁ PUBLICADO.

OBRIGADO PELA VISITA.

PEDRO LUSO