>

30 de jun. de 2019

[Poesia] PEDRO LUSO – Segredo





SEGREDO
- PEDRO LUSO DE CARVALHO



Eu tenho um segredo, dizer
não posso, é para guardar,
como se guarda amor secreto:
com a ânsia para contar.

Então, às brilhantes estrelas
no céu dourado contarei
o segredo perturbador,
numa noite que escolherei.

E quando chegar essa noite
terei as palavras anotadas,
para que faleça o segredo
antes de vir a madrugada.

Eis que chega a noite esperada!
Ouço as estrelas a pedir-me
que conte o segredo guardado,
quando a voz não consegue sair.

(Depois do segredo contado,
peso para ombros arqueados.)





 *   *   *




35 comentários:

  1. Que legal! E segredo é mesmo pra ser guardado, senão chega o peso...linda! abraços, chica

    ResponderExcluir
  2. Boa tardinha de paz, amigo Pedro!
    Feliz de quem tem o Dom de guardar segredo!
    Por si mesmo, não se é capaz, entretanto, a Graça Especial nos faz respirar fundo e só entre as partes em questão interessadas tomam posse da verdade silenciada.
    Bonito demais o desabafo com as estrelas... a lua... o mar... São bem confiáveis e não deixa o peso devse trair algo ou alguém que não mereçam ser invadido.
    Muito profundo seu poema nos dias onde cada um só quer salvaguardar sua própria pele sem se importar de deixar na lama o próximo.
    Tenha dias felizes e abençoados por Deus!
    Abraços fraternos de paz e bem
    🙏🙏🙏

    ResponderExcluir
  3. Certamente que será um peso terrível para os ombros e para a nossa consciência, se formos contar a outros, um segredo que a nós foi confiado.
    Maravilhoso poema!!!
    Beijinhos
    Maria
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderExcluir
  4. Se somos escolhidos para essa partilha do segredo, se alguém confia em nós, vamos honrar o pacto...guardemos o segredo a sete chaves!
    Sentiria que falhei com alguém se entregasse o segredo a mim confiado!
    Belo, profundo poema!
    Beijinho daqui do lado, meu poeta!

    ResponderExcluir
  5. O nome já diz por si só. Se não fosse assim
    não seria segredo.

    ResponderExcluir
  6. Yo preferiría que no me contaran ningún secreto. El hecho de decir "secreto", ya te ronda por la mente, con la intención de salir y la carne es débil...
    De cualquier forma el poema es bello.¡Enhorabuena!

    ResponderExcluir
  7. Hay un dicho en idioma español, amigo Pedro, que expone: "Secreto de dos, es obra de Dios", por lo que "romper el pacto" suele hacer mucho daño. Diste en el clavo una vez más.

    Abrazo.

    ResponderExcluir
  8. Guardar um segredo, meu Amigo Pedro, nem sempre é fácil. Mas os Poetas não desistem de anunciar os tesouros que guardam no coração. E nunca será uma traição ou um peso nos ombros, contá-los para as estrelas. Gostei muito do poema.
    Um bom dia mundial da Poesia.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  9. Segreti rachiusi gelosamente nel cuore
    Versi belli
    Un caro saluto, Pedro,silvia

    ResponderExcluir
  10. Acredito que deve haver segredos difíceis de guardar, mas ao concordar com um sigilo, é dever guardá-lo a qualquer preço.
    O seu poema, Pedro, faz-nos refletir sobre o valores humanos imprescindíveis, tais como amizade, verdade e lealdade.
    Leve e muito belo. O meu aplauso.
    Abraço, Amigo.
    ~~~

    ResponderExcluir
  11. Alguém disse que segredo é uma coisa que se transmite em voz baixa...
    Gostei do seu poema, é magnífico.
    Caro Pedro, um bom fim de semana.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  12. Segredo é segredo e ponto final. Guardá-lo? Eis o problema!!!

    ResponderExcluir
  13. Transbordando lirismo, o poeta encontra um jeito de dizer que conversa com as estrelas e ainda guarda um segredo, e a revelação seria para elas. Este é privilégio de quem brinca com as palavras e conversa com estrelas..
    Gostei muito do poema, meu caro amigo!
    Forte abraço,

    ResponderExcluir
  14. As estrelas serão de confiança?
    Ensina o fado "nem às paredes confesso"...

    Há um encadeamento de versos em quadra montado com uma subtileza evolutivel e notável.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  15. Magnífico, Pedro, magnífico!!!
    Sobre segredos partilho contigo (e só contigo...) uma frase do escritor francês La Rochefoucauld de que gosto particularmente:
    “Como podemos nós pretender que os outros guardem os nossos segredos se nós próprios os não conseguimos guardar?”
    Partilha mais segredos teus, poeta amigo.
    Beijo, excelente fim-de-semana.

    ResponderExcluir
  16. Muy reflexivo y excelente poema.
    Los secretos deben guardarse .
    Te deseo felices días.
    Un abrazo.

    ResponderExcluir
  17. Caro amigo, Pedro Luso

    sem contar teu segredo, desvendaste afinal o sortilégio de todos os segredos -
    ou seja, a pulsão mágica entre o propósito de guardar e a vontade/urgência em dizer

    gostei muito

    abraço, Poeta

    ResponderExcluir
  18. Bom dia. Parabéns pela maravilhosa publicação. Adorei o poema :))

    Hoje:- Por ti, todos os banhos valem a pena. | Poetizando e Encantando |

    Bjos
    Votos de um óptimo Domingo.

    ResponderExcluir
  19. Boa tarde Pedro
    Um belo poema. Mas acho que o segredo mas guardado é o quê só contamos a Deus é lógico as pessoas que daríamos a nossa vida. Pois se daríamos a nossa vida então confiamos mesmo rsrs. Não gosto de escutar segredo é infelismente acho por não gostar as pessoas próximas me procura para desabafar. Pergunto logo antes de escutar quem sabe? Pois se alguém souber não escuto de jeito nenhum. Pois sei que que são raras as pessoas que são fies nas suas promessas. Lindo poema meu amigo. Pelo quê conheço de vocês são pessoas que sabem guardar segredos. Uma feliz semana. Abraços a querida Taís.

    ResponderExcluir
  20. Conviver com um segredo e suportar o peso do mundo nas costas.
    O segredo que não cabe no medo da revelação.
    Uma tela interessante Pedro.
    Uma boa semana de paz amigo.
    Abraços

    ResponderExcluir
  21. Lindo de ler, lindo de ver adoro isso totalmente e por completo, voce e incrivel escrevendo. Sua inspiracao e grande profunda, to te seguindo adoro te ler. (Seu blog e lindo demais.)

    ResponderExcluir
  22. El Amor es el más grande faro que ilumina el mundo...¿que sería de una persona si en su vida no existiera el Amor?

    Besos

    ResponderExcluir
  23. Olá Pedro. Guardar um segredo é dever de todos aqueles que escutam um desabafo de alguém ; se esse alguém nos escolheu para o ajudar, escutando o que o aflige, temos de cumprir o prometido e guardar o segredo, Nem sempre é fácil, porque muitas vezes sentimos necessidade de falar com um amigo para que nos aconselhe sobre o modo como ajudar a pessoa em causa. Já me aconteceu e fiquei preocupada sem saber o que fazer.Em casos como estes, o segredo pesa sobre os nossos ombros e a solução é mesmo falar com as estrelas. Sabes o que se diz por aqui? " Não contes um segredo a um amigo porque esse amigo outro amigo tem " e logo logo o " segredo " vira assunto no bairro inteiro. É preciso cuidado com as pessoas que escolhemos para confidentes. Amigo, gostei muito deste poema, aliás, gosto de todos os que fazes. Um beijinho e boa noite

    PS - hoje falei no blog da Tais sobre um grande amigo meu e contei-lhe certas coisas sobre ele, nada agradáveis. Mas...não há problema...ela GUARDARÅ SEGREDO e nem às estrelas falará; tenho a certeza! Beijo
    Emilia

    ResponderExcluir
  24. Oi, Pedro, o segredo , em sendo de amor, deve ser bem guardado...para que ninguém ouse fazer dele motivo de poder...amor ,só as estrelas arrisco, mesmo assim ,corre-se o risco de perder a magia de ser único.

    ResponderExcluir
  25. Como diria Einstein, a maior beleza que se pode experimentar, é o mistério das coisas... que se mantenha pois o segredo...
    Um belo poema... que não faz segredo... do talento poético do seu autor!... :-)
    Beijinho! Feliz semana!
    Ana

    ResponderExcluir
  26. Pedro Luso poema, diria secreto porque nos fala de segredos, num tom bem gostoso. Apreciável poema para ser lido e relido, uma versão bem interessante de se gosta.
    Abraço

    ResponderExcluir
  27. As estrelas são confidentes dos poetas e os segredos são poemas sujeitos ao sentido de quem os lê.
    Gostei muito do teu segredo, Pedro.


    Beijo.

    ResponderExcluir
  28. E que belo segredo este! Adorei o poema :)

    ResponderExcluir
  29. Muita sensibilidade nesse segredo, junto da urgência emr confessar para a linda noite estrelada. Fantástica essa tela ! Parabéns, amo suas escritas.
    Abraços
    Dan

    ResponderExcluir
  30. Passei para ver as novidades.
    Mas gostei de reler o seu excelente poema.
    Caro Pedro, um bom fim de semana.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  31. Boa tarde, Pedro,
    você escolheu bem as palavras para não revelar a nós, o segredo no poema,
    as estrelas podem ouvir tudo e guardar no infinito. O registro do segredo com palavras nos leva a querer saber, um pouco sobre o que foi guardado a sete chaves.
    Porém devemos saber quais as estrelas propensas a guardar o segredo. Belíssimo poema. Abraço!

    ResponderExcluir
  32. Hay secretos que no deben nunca ser revelados.
    Abraços, Pedro.

    ResponderExcluir
  33. Ese secreto está pidiendo salir al mundo,
    pesa mucho.
    Los hombros arqueados de su portador,
    lo exigen...

    ResponderExcluir

LOGO O SEU COMENTÁRIO SERÁ PUBLICADO.

OBRIGADO PELA VISITA.

Pedro Luso de Carvalho