>

13 de dez. de 2020

[Poesia] FEDERICO GARCIA LORCA – Dois Poemas

 



                               - Pedro Luso de Carvalho


No que se refere a morte do grande poeta espanhol Federico Garcia Lorca, transcrevemos o que o jornal El Liberal, de Madri, publicou no dia 2 de novembro de 1936 (in Ian Gibson, O assassinato de Garcia Lorca, Trad. de Ernani Ssó, Porto Alegre, L&PM Editores, 1988, p. 271):

Mas será possível? Federico Garcia Lorca, o imenso poeta, assassinado pelos facciosos?

Uma última esperança de que tamanho crime não tenha se realizado leva-nos a perguntar: mas será possível a monstruosa aberração que supõe o assassinato do mais alto poeta espanhol dos nossos dias?

Todos os jornais publicaram a notícia que, segundo um jornal de Albacete, procedia de Guadix.

Conhecemos bem a louca e fria perversão dos traidores. Mas um nobilíssimo impulso da nossa alma nos leva a duvidar da veracidade da horrível informação.

Federico Garcia Lorca fuzilado pelos degenerados facciosos! Será possível tanta maldade? E embora temamos que sim, que essa gente é capaz de tudo, queremos acolher uma última esperança, repetimos, queremos acreditar que tudo, até a escala da maldade dos fascistas, tem um limite.

A Espanha inteira, toda a Espanha democrática e republicana, vive momentos de angústia e os viverá enquanto não seja retificada ou ratificada a inimaginável maldade dos verdugos.

Federico Garcia Lorca foi fuzilado em agosto de 1936, em Granada, no início da Guerra Civil Espanhola, e seu corpo nunca foi encontrado. Estava com 38 anos de idade, quando foi assassinado, e já era considerado um dos maiores poetas e teatrólogos da Espanha.

Os poemas que aqui serão transcritos, o primeiro, com tradução, A Lua e a Morte, e, o segundo, Gacela del amor desesperado, no idioma do poeta, integram a Antologia Poética de Federico Garcia Lorca, obra bilíngue, com tradução de William Agel de Mello, São Paulo, Martins Fontes, 2001, p.39-41; 218, 220:




A LUA E A MORTE

FEDERICO GARCIA LORCA


A lua tem dentes de marfim,

Quão velha e triste assoma!

Estão os álveos secos,

os campos sem verdores

e as árvores murchadas

sem ninhos e sem folhas.

Dona Morte, enrugada,

passeia pelos salgueirais

com seu absurdo cortejo

de ilusões remotas.

Vai vendendo cores

de cera e de tormenta

como uma fada de conto

má e enredadora.



A lua comprou

pinturas da Morte.

Nesta noite turva

está a lua louca!



Eu, enquanto isso, ponho

em peito sombrio

uma feira sem músicas

com tendas de sombra.



_________________________//________________________



GACELA DEL AMOR DESESPERADO

FEDERICO GARCIA LORCA


La noche no quiere venir

Para que tú vengas,

ni yo pueda ir.



Pero yo iré,

Aunque um sol de alcranes me coma la sien.



Pero tú vendras

Com la lengua quemada por la lluvia de sal.



El día quiere venir

para que tú no vengas,

ni yo pueda ir.



Pero yo iré

entregando a los sapos mi mordido clavel.



Pero tú vendras

por las turbias cloacas de la oscuridad.



Ni la noche ni el día quierem venir

para que por ti muera

y tú mueras por mi.



_______________________//_____________________







38 comentários:

  1. Uma escolha sublime, Federico Garcia Lorca um dos grandes nomes da literatura espanhola, um poeta que muito aprecio.
    Fique bem, um grande abraço

    ResponderExcluir
  2. Fantástico texto e poesia! Parabéns :))
    --
    Nos labirintos da minha alma.
    -
    Beijo e um excelente fim de semana.

    ResponderExcluir
  3. Poemas lindíssimos que me fascinou ler

    Cumprimentos.

    ResponderExcluir
  4. Dos humanos é possível tudo, bondades e maldades, matam artistas, matam a própria arte.
    Gostei de conhecer os poemas, amigo, Pedro!
    Abraço, bom domingo!

    ResponderExcluir
  5. Conozco muy bien su obra. Es un poeta andaluz y yo soy de Andalucía.

    Me ha encantado tu publicación.

    Besos

    ResponderExcluir
  6. Que bela postagem! uma preciosidade que fica bem em ambas as línguas. Como poderemos entender o que pode acontecer com uma nação dividida e a necessidade de calar a qualquer preço os ideais que não convém ao poder.
    Um abraço
    Um abraço

    ResponderExcluir
  7. Un grande autore, cui hai dedicato questo bellissimo e interessante articolo.
    Buona settimana e un caro saluto, Pedro,silvia

    ResponderExcluir
  8. Lorca. O poeta de quem amamos as palavras. Que bom encontrá-lo aqui.
    Foi fuzilado, sim. Quase parece impossível, não é?
    Cuide-se bem, meu Amigo Pedro.
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  9. Una gran injusticia la muerte de Federico García Lorca, uno de los grandes en la literatura.
    Sus obras de teatro y sus poemas quedarán por siempre en el recuerdo.
    Ver sus obras representadas en teatro es muy emocionante. Algunas las he disfrutado más de una vez.
    Agradezco mucho tu homenaje para uno de mis grandes favoritos.
    Un beso.

    ResponderExcluir
  10. ¡Lo mucho que les habrá pesado!
    Pese al tiempo pasado, toda España lo llora, y en el corazón de aquellos que han leído sus versos, también resbala una lágrima.
    Era grande, muy grande.
    Gracias por recordarlo.
    Cariños.
    kasioles

    ResponderExcluir
  11. Morreu por pensar, por escolher lado político diverso. É triste não haver um corpo e apenas se saber que uma pessoa foi assassinada, principalmente alguém que tanto representava para a poesia e para o teatro. Você faz escolhas magníficas, Pedro. Grande abraço.

    ResponderExcluir
  12. Pedro
    Escolheu um dos Grandes e amados poetas,embora tivesse um fim trágico e injustiçado e onde nunca seu corpo apareceu.
    Uma bela postagem.
    Beijinhos
    :)

    ResponderExcluir
  13. Olá, amigo!

    Hoje é só para desejar a si e aos seus, um Bom Natal!

    Saudações natalícias!

    ResponderExcluir
  14. dois poemas comovente e muito belos.
    grato, Poeta e amigo Pedro Luso

    "nó passarón!..."

    grande abraço

    ResponderExcluir
  15. Desde luego las imágenes que lograba con sus poemas son épicas.
    Imaginemos un sol lleno de alacranes lanzados a nuestro cerebro.
    O un amor tan turbio que sólo puede aparecer reptando por oscuras cloacas.
    O la lengua quemada por la sal del mar...

    Qué grande Federico. Y que pena.

    Os deseo unas Navidades llenas del amor de los vuestros. Saludos.

    ResponderExcluir
  16. Boa noite, Pedro, escolha magnífica que compartilha conosco.
    Federico Garcia Lorca,simplesmente, fuzilado, um grande poeta, um excelente teatrólogo, mas pensava diferente, e o mataram, barbárie. Os dois poemas dele, aqui publicados, nos mostram a grandiosidade deste poeta que deixou-nos um legado na literatura. Obrigada por compartilhar. Boa noite!

    ResponderExcluir
  17. Era realmente notável e enfrentou!... Espanha ainda hoje o chora.
    A Guerra civil de Espanha, foi de uma crueldade sem limites!
    Foi muito agradável ler o seu 'post'...
    Dias bons e agradáveis. Beijos
    ~~~~~~~

    ResponderExcluir
  18. Frederico García Lorca, grande poeta. Ainda obscura o motivo da sua
    morte. A Literatura espanhola bem como a mundial perderam um
    autor de grande sensibilidade e talento.
    Gostei muito de ler e apreciar os dois poemas que nos trouxe.
    Prestimoso trabalho o seu na pesquisa e apresentação desses autores
    que tanto nos enriquecem.
    Abraço, caro Pedro
    Olinda

    ResponderExcluir
  19. Pedro, na medida do possível desejo para si, para a Tais e restante família, um Feliz Natal 🎄 e um excelente Ano Novo 🍾 🎊 pleno de tudo de bom, principalmente saúde.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  20. Gostaria de vos desejar um feliz Natal pessoalmente. Não o podendo fazer, resta-me desejar-vos muita saúde. Um Natal tranquilo sem sobressaltos...extensivo aos vossos familiares e amigos. Que todos tenhamos a noção de que o perigo nos prossegue e espreita em cada esquina. Voltarei dia 27. Sory, pelo copy-past.

    .
    É OUTRA VEZ NATAL...
    .
    Beijo. Uma excelente semana, e Boa Festas.

    ResponderExcluir
  21. Triste fim para tão grande talento. Mais um bom contributo cultural, caro amigo. Pedro.

    Deixo o meu desejo de BOAS FESTAS e um forte abraço.

    ResponderExcluir
  22. ❤️Natal, é amor em ação. Toda vez que nós amamos, toda vez que nós doamos, é Natal❤️

    Bom dia de semana natalina, amigo Pedro
    Hoje venho especialmente para lhe desejar um Feliz Natal como puder passa.
    É tempo de simplicidade e alegria.
    Muito obrigada por tudo neste ano.
    Deus nos enche de motivos de gratidão diariamente.
    Seja muito feliz e abençoado!
    Abraços fraternos e natalinos

    ResponderExcluir
  23. Mistérios de uma politica verduga e o talento de Lorca reconhecido mundialmente.
    Bela apresentação com dois poemas bem escolhidos.
    Grande Pedro foi um ano atípico para nós, mas muito bom estar por aqui a cada apresentação de sua generosidade.
    Tempo de lhe agradecer a companhia e renovar o prazer de nova viagem em 2021.
    Um Feliz Natal para vocês com toda paz e alegria na família e o Novo Ano seja de renovadas esperanças.
    Meu abraço

    ResponderExcluir
  24. Olá amigo Pedro, gostei da partilha do Poeta e seus dois poemas bem interessantes, quanto à violência é e sempre será algo que não dá para entender ou aceitar, acho que existem muitas pessoas violentas neste mundo, basta ler o noticiário para ficarmos estarrecidos.
    Deixemos os violentos e vamos pensar na Paz, na harmonia, na saúde, no amor, que é tudo que desejo que tenhas junto com seus familiares neste Natal e um novo ano 2021, maravilhoso, cheio de concretizações, o fim do covid e segurança. São os votos desta amiga de sempre Léah

    ResponderExcluir
  25. Triste a vida interrompida
    Por qualquer razão que seja!
    E a Lorca, a brisa benfazeja
    Conduzia a sua vida,
    A arte literária e lida
    A dar mais luz a poesia,
    Mas uma mente doentia
    Deu fim a um belo começo
    De um poeta de apreço
    Que muito produziria.

    Pedro, e há um novo Natal farejando nosso espaço que chegará com um traço de dor, mas será Natal e mesmo sendo diferente, temos que vê-lo de frente e festejar com menos gente. Feliz Natal e Próspero Ano Novo a ti e aos teus, meu grande amigo! Tudo de bom! Laerte.


    Criativa e a sua lida

    ResponderExcluir
  26. Olá amigo Pedro,
    Lorca!! Um final trágico e tão injusto para um poeta jovem que brindava a vida com sua arte literária!! Parabéns pelo texto!!
    Desejo-lhe um Feliz e Santo Natal !
    Beijos!

    ResponderExcluir
  27. Dois poemas que tocam os sentimentos de poetas famosos.
    Bonito!.
    Feliz Natal.

    ResponderExcluir

  28. Olá Pedro, o blog que você me falou é dedicado apenas à banda de rock "Redonditos de Ricota".
    Talvez o outro site possa interessá-lo mais.
    mais variado.
    http://frodorock.blogspot.com/

    Abraços e parabéns

    ResponderExcluir
  29. Gosto imenso do Frederico Garcia Lorca de quem tenho um livro de poemas e uma biografia.

    Sei que este ano não foi fácil para ninguém, apesar disso que o Natal seja festejado com Amor, Saúde e Paz.
    Abraço e saúde

    ResponderExcluir
  30. Olá Pedro
    Muita luz, amor e infinitas bênçãos de Deus
    é o que desejo a você e a sua família
    nesse Natal e Ano Novo que se aproxima!
    Um abraço

    ResponderExcluir
  31. Un bonito aporte cultural Pedro. Tantas cosas malas han pasado a lo largo de la historia que nunca se acabaría de contar. Y parece que el mundo no ha cambiado tanto, sigue el rencor, la envidia y las ansias del poder por todos los políticos del mundo.
    Te deseo un feliz día de Navidad, y un año lleno de buenas venturas que suplan este año tan catastrófico en todos los sentidos.
    Un abrazo.

    ResponderExcluir
  32. Bom dia Pedro,
    Agradeço e retribuo
    votos de santo e feliz Natal com saúde, paz e amor, extensivo a sua Família.
    Que 2021 seja um Ano melhor para todos nós.
    Beijinhos,
    Ailime

    ResponderExcluir
  33. Obrigada por esta partilha amigo Pedro.
    Para si e sua Família santo e abençoado Natal com muita saúde.
    Um beijinho,

    ResponderExcluir
  34. Noto que te gustan los poetas españoles. Hay muchos y muy buenos. Si en algún momento quieres pasártelo bien, lee a los hermanos Alvares Quintero, entre otros.
    Lo ocurrido con García Lorca no está claro del todo, pero hay que reconocer que la guerra civil española fue una metedura de pata de los..."mandamases".
    Hoy no es día para hablar de política.
    Te deseo una Feliz Navidad y, que tu y los tuyos estéis bien de salud.
    Un fuerte abrazo desde Madrid.

    ResponderExcluir
  35. Feliz Ano Novo.

    Que em 2021 possamos olhar a vida com olhos de criança, que vê beleza e sinceridade em tudo que observa, que você tenha inúmeros motivos para sorrir e que o amor, a paz, a tranquilidade, a felicidade e a saúde possam fazer parte do seu novo ano.

    Não poderia deixar de agradecer por todas as vezes que carinhosamente esteve em meu blog neste ano, espero que possamos continuar juntos nesse mundo de poesia e amizade no próximo ano também.

    Beijos

    Ani

    ResponderExcluir
  36. Pedro,
    Adoro Garcia
    bem como aprecio
    seus escritos.
    Obrigada por esse
    ano de companhia na
    leitura.Que o novo ano nos
    chegue repleto de ESPERANÇA.
    Bjins
    CatiahoAlc.

    ResponderExcluir
  37. Te deseo felices días.
    Que el año próximo nos traiga mucha suerte y tranquilidad.
    Un beso.

    ResponderExcluir
  38. Adorei descobrir mais um pouco da obra, deste grande autor espanhol que conheceu tão trágico fim!...
    Mais uma partilha de excelência, por aqui!...
    Beijinhos! Continuação de Boas Festas, com saúde e tranquilidade, para todos, aí desse lado!
    Ana

    ResponderExcluir

LOGO O SEU COMENTÁRIO SERÁ PUBLICADO.

OBRIGADO PELA VISITA.

Pedro Luso de Carvalho